quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Sem descrição!

Tenho pensado na vida, nas pessoas, em mim. Tenho pensado nesse mundo hostil, nesses atos de egoísmo de um modo geral. A palavra "respeito" não sai da minha mente. E Como se faz pra ser respeitado? Basta apenas respeitar a si próprio ou a outros? Afinal em que ponto o temor toca o respeito? Ah, essas perguntas, quantas destas.
Tenho pensado em mudanças, em comportamento, em silêncio, solidão. Sei, isso parece mais um jogo de palavras, mas são componentes dessa vida. E que vida essa? Pede tanta coragem. Talvez não mereça a doçura de uma linda flor.
Ah, quantos desvarios!

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Criticando e opinando...



Tenho um afeição particular por filmes, aliás... particular e crítica. Assisti pela terceira vez o filme À Procura da Felicidade (The Pursuit of Happyness) com Will Smith e comentei com duas amigas: é um filme muito bonito e emocionante com exemplo de superação incrível. O "problema" no meu ver está na moral do filme, onde poderemos encontrar a tão sonhada felicidade se não desistirmos, que com o seu esforço você encontra o pote no final do arco íris. Entendo que essa felicidade não existe na prática. Você pode ser feliz mesmo não tendo o carro do ano ou o emprego dos sonhos. A felicidade é no instante de cada momento, é abstrata e por muitas vezes surreal. É olhar pro seu filho sorrindo ao lhe ver, é estar na luta de cada dia e no final (de cada dia)ver que conseguiu. A felicidade está mais ligada aos detalhes do que ao todo. Claro... este sãos os meu olhos, os quais vejo o mundo.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Descobertas...

Sabe aquelas músicas que estão no seu ponto máximo, ou seja, no seu auge? Ou até mesmo aquelas bandas que todos ouvem e sabem de có suas letras? Então... pode parecer estranho, mas isso não cola muito comigo. Sou amante da sensação da descoberta. Retirar lá bem do fundo, do fundo do baú, aquele cantor com o timbre grave, aquela "velha música velha" que arrepia quando ouvida. Lembrar de uma banda que há muito tempo, já foi muito lembrada, pesquisar sobre ela, baixar algumas músicas, conferir as letras. Pronto: virei fã, quando ninguém parece lembrar. Acontece isso e descubro muitos mestres como Frank Sinatra, Raul Seixas, Janis Joplin, por exemplo. É uma delícia.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Arte Cicládica


Uma das três ramificações da arte egéia, a arte cicládica da cultura das Ilhas Ciclades, encanta pela sua simplicidade. Suas esculturas de ídolos em mármore, onde a cabeça é um ovóide e o único relevo era o nariz.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Papo de Historiador...

Interessante como as coisas fluem sozinhas: aqueles que realmente me conhecem, sabem que por toda a minha vida, eu nunca fui muito fã de História, sim, ela mesma a disciplina falando sobre coisas "antigas e chatas". Por ironia do "destino" hoje sou aluna universitária de... História, cursando já o 3º período. O que poderia ser mais fantástico acontece: me apaixonei por esta. Não poderia explicar como aconteceu. Não sei se foi o encanto da História Greco-Romana, ou a curiosidade da Pré-História, talvez fosse a busca pelo entendimento da História Contemporânea. Não sei. Sei que já me vejo falando como profissão a palavra: historiadora. Isso me alivia. Estou até mais animada.